sexta-feira, 15 de agosto de 2008

‘Positivo ou não’ joga sobre estigma para combater a AIDS

A Rede MTV, mtvU, a Rede de faculdades 24 horas Peabody, o Emmy Awards e Fundação Família Kaiser se associaram à revista POZ, dirigida às pessoas que vivem com HIV e AIDS nos EUA, para desenvolver Pos or Not (Positivo ou Não), um jogo on-line feito para confrontar o estigma que ainda existe sobre o HIV/AIDS mais de 25 anos depois do primeiro caso ter sido relatado.

Pessoas de todas as partes dos EUA, “algumas vivendo com HIV, outras não”, abriram suas vidas pessoais para tentar mudar o estereótipo sobre quem está infectado com o vírus. Os jogadores, baseados apenas em fotografias e informações pessoais, têm de responder se a pessoa do retrato é positiv@ ou não.

O objetivo do jogo é mostrar que não se pode afirmar se uma pessoa tem ou não o HIV apenas pelo olhar da foto, pelo gênero, idade ou interesses pessoais. Assim, confronta os estereótipos sobre quem está infectado pelo vírus, e fornece informação de como impedir a propagação da epidemia. Pos or Not pretende quebrar as barreiras que as pessoas têm de usar proteção para se previnir, fazer o teste e falar abertamente sobre o HIV. Ao mesmo tempo o jogo ajuda a reduzir o estigma de muitas pessoas sobre aquelas que vivem com o HIV diariamente.

Os associados do projeto Pos or Not se dizem “imensamente gratos aos homens e mulheres que ofereceram suas histórias pessoais para este jogo”. Para eles, os estudantes universitários que criaram o conceito do jogo “estão abrindo caminho para o futuro do ativismo digital”. A iniciativa convida interessados em desenvolver formas de o jogo ser executado em outras redes e plataformas para entrar em contato pelo e-mail MyIdeas@posornot.com.

Um comentário:

Vida PositHIVa disse...

Muito interessante o post, vou dar uma olhada no site!
abraços