sexta-feira, 26 de março de 2010

Game contra Aids ganha US$ 3,9 milhões

0 Eunice Kennedy Shriver National Institute of Child Health and Human Development garantiu um fundo de US$ 3,9 milhões para a Escola de Medicina da Universidade de Yale (EUA). No decorrer de cinco anos os recursos serão usados para desenvolver e testar um jogo online que será chamado de Retro-Warriors e que pretende ensinar adolescentes de diversos grupos étnicos como fazer escolhas saudáveis. A proposta é que os jogadores interpretem seus personagens em um universo virtual, aprendendo a evitar comportamentos de risco que podem levar à infecção pelo HIV.

Além disso, serão conduzidos estudos para tornar o ambiente virtual portátil e global, de modo que possa atingir países onde há maior crescimento da epidemia de AIDS mas que ainda contam com poucas estratégias de educação para redução dos riscos. Os colaboradores serão especialistas em desenvolvimento juvenil, teoria cognitiva social, desenvolvimento de inteligência artificial e profissionais de desenho de jogos (game design).

Talvez estejamos testemunhando um momento singular onde se anuncia a produção de um jogo voltado para a promoção da saúde com recursos suficientes para alcançar qualidades técnicas que rivalizem com os jogos comerciais.

Por Marcelo de Vasconcellos: designer gráfico, é doutorando em Informação e Comunicação em Saúde no Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (ICICT) da Fundação Oswaldo Cruz

Um comentário:

Consultora Educacional disse...

Gosto muito dos artigos de ótima qualidade do seu Blog. Quando for possível dá uma passadinha para ver meu Curso de Informática online. Emily Nascimento